A seleção brasileira é uma exceção à parte na crise envolvendo a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) e isso pode incluir a seleção para chegar a Copa do Mundo do Qatar.

Na partida desta terça-feira (8), contra o Paraguai, fora de casa, o Brasil busca quebrar um tabu de 35 anos: vencer o adversário dentro do estádio Defensores del Chaco, algo que não ocorre desde 1985 e colocar um dos dedos no avião rumo ao Mundial do ano que vem.

Com 15 pontos, o Brasil lidera com 100% de aproveitamento as Eliminatórias e um triunfo hoje à noite deixa o Brasil a 10 pontos de uma vaga na Copa do Mundo. Mais do que isso, ainda este ano, a seleção de Tite pode confirmar a vaga rumo ao hexa.

Ainda este ano, o Brasil terá seis jogos a disputar pelas Eliminatórias de setembro a novembro, onde o Brasil pode somar 12 pontos para selar sua vaga na Copa do Mundo. A combinação não envolve as duas rodadas suspensas no último mês de março devido ao agravamento da pandemia da covid-19.


Nas edições das Eliminatórias do Século XXI, o último classificado direto para a Copa somou entre 27 a 30 pontos ganhos em 18 jogos disputados, o que pode deixar a seleção de Tite bem próxima de uma vaga no Qatar, caso vença a partida de hoje na casa do adversário.

Este ano, a seleção brasileira terá seis jogos previstos pelas Eliminatórias.

Veja o Calendário da seleção nas Eliminatórias

Setembro: Chile (Fora) e Peru (Casa)

Outubro: Venezuela (Fora) e Uruguai (Casa)

Novembro: Colômbia (Casa) e Argentina (Fora)

 

Saiba os pontos necessários para a Copa do Mundo (Base nos últimos anos)

Eliminatórias 2002: 4º Paraguai 30 pontos

Eliminatórias 2006: 4º Paraguai 28 pontos

Eliminatórias 2010: 4º Argentina 28 pontos

Eliminatórias 2018: 4º Colômbia 27 pontos

(DOL)