Independente de Tucuruí, definitivamente, encontrou a ‘manha’ do Campeonato Brasileiro da Série D e em tempo de fazer estrago ao objetivo da classificação. No estádio Navegantão, o Galo Elétrico anotou o seu segundo triunfo consecutivo, o terceiro em quatro jogos, ao vencer o Fast-AM, por 1 a 0. O placar mínimo foi enorme para as ambições do time, que agora fica somente com quatro pontos de diferença para o quarto colocado, Rio Branco-AC. A equipe volta a campo na sexta-feira (13), às 16h, no estádio Biancão, contra o Ji-Paraná.

Em um começo de jogo com pouca movimentação, os mandantes demonstraram a todo custo o desejo pela vitória. Joãozinho, aos 14 minutos, tentou de longe com um ‘canudo’, mas defendido. O Fast-AM tentava pelos contra-ataques, mas sem tanto capricho e cuidado no passe e chute final.


Aos 36 minutos, novamente Joãozinho, só que dessa vez com final feliz. Em cabeceio, o jogador subiu sozinho na pequena área para escorar e abrir o placar. Na etapa final, o Galo Elétrico passou a administrar o jogo, ao invés de buscar matar a parada. A estratégia por pouco não ‘deu ruim’ e comprometeu o placar. Bernardo, Ronan e Matheus foram incisivos em jogadas no ataque, mas todas paradas no goleiro do Galo. A situação ficou mais confortável para o Independente após a expulsão de Denis Pedra, já próximo dos acréscimos.

O time apenas cadenciou o placar favorável até o apito final. “Esse time é batalhador e tem provado jogo a jogo. Ainda temos mais jogos e vamos procurar continuar dando o nosso melhor”, disse o técnico Carlos Rocha, invicto no comando do time.

(Diário do Pará)