Foto: Nicolas Sarkozy - AFP

O tribunal francês impôs uma sentença de um ano de prisão ao ex-presidente Nicolas Sarkozy, que foi considerado culpado no caso de financiamento ilegal na corrida à reeleição de 2012.

A decisão foi conhecida nesta manhã. Sarkozy, com 66 anos, ainda pode recorrer.


O juiz decidiu que a sentença a que foi condenado pode, no entanto, ser cumprida em casa, com vigilância eletrônica.

Esta é a segunda condenação do ex-presidente da França.

Ele já tinha sido condenado, em 1º de março, a três anos de prisão por corrupção e tráfico de influência, sentença da qual recorreu.

Philippe Briand, que foi presidente da associação de financiamento de campanha de Nicolas Sarkozy, também foi condenado hoje, por fraude, a dois anos de prisão, com um de suspensão.