O volante França foi um dos últimos contratados a desembarcar no Baenão. A expectativa em cima do atleta é grande, já que ele teve boas passagens em grandes clubes, nas Séries A e B do Campeonato Brasileiro. Entretanto, o azulino nunca jogou uma Série C, mas ele espera se adaptar ao estilo de jogo da competição para poder ajudar o Remo.

Como França nunca disputou uma Terceirona, ele não tem a experiência no torneio. Porém, com a rodagem nas divisões acima e até no futebol internacional, o volante já tem uma ideia de como deve ser a pegada no torneio. “Eu acredito que deve ser que nem a Série B, num nível mais de competição física. Eu acredito se a gente fizer o que o professor pedir, que é sempre ganhar as divididas, não podemos perder no mano a mano, vamos conseguir o objetivo”, ressalta o remista.

Se há a semelhança no estilo de jogo com as outras divisões, existe uma grande diferença na fórmula de disputa do torneio. Depois de 18 rodadas de pontos corridos, na fase de classificação, a Terceirona muda de formato, passando para mata-mata. “Depois da primeira fase, vamos para o mata-mata e temos de botar o coração na ponta da chuteira. E ganhar o jogo, não tem outro jeito”, destaca França.


O que muda é o maior poder de fogo azulino

O técnico Léo Goiano começou a montar a equipe para a próxima partida do Clube do Remo, contra o Asa-AL, no Mangueirão, às 21h, na próxima segunda-feira. A onzena principal deve ser a mesma que empatou com o Fortaleza-CE, na última rodada, com a saída de Leandro Silva, suspenso por causa do terceiro carão amarelo. Entretanto, o que deve mudar mesmo é a postura do time dentro de campo, que deve jogar de forma mais ofensiva.

Assim que acabou a partida contra o Tricolor de Aço, Léo Goiano afirmou que ainda ia estudar o adversário para saber qual a melhor formação. Só que, além disso, o comandante ressaltou que seria importante manter o mesmo time, já que ele havia gostado do rendimento contra a equipe do Fortaleza. A única modificação que deve ocorrer é na zaga, com a saída de Leandro Silva, suspenso, quem deve entrar para fazer a dupla com Bruno Costa é Igor João.

Ao longo do treinamento, Léo Goiano ainda fez algumas mudanças, colocando alguns novatos. O volante França foi para a equipe titular, no lugar de Tsunami, na cabeça de área. E Jayme fez a dupla de ataque com Luiz Eduardo, na vaga de Pimentinha.

O Remo ainda treina até domingo, quando o comandante remista deve definir a equipe para o jogo de segunda. Partida fundamental para o Leão, já que com uma vitória, os azulinos voltam ao G4. Confira o time que treinou ontem: Vinícius; Léo Rosa, Igor João, Bruno Costa e Jaquinha; Ilaílson, Dudu, Tsunami (França) e Eduardo Ramos; Pimentinha (Jayme) e Luiz Eduardo.

(Café Pinheiro/Diário do Pa