O futebol do interior do Pará deu trabalho aos grandes em 2018, mas isso foi apenas no estadual, pois no cenário nacional, as equipes do Pará não foram bem e deixando a disputa mais acirrada no Parazão 2019. O desempenho dos interioranos é o assunto da Retrospectiva 2018 do DOL.

A Copa do Brasil teve apenas um representante do interior: o Independente que teve como adversário o Sampaio Correa-MA e apesar de jogar em casa com o apoio da torcida, o Galo não foi bem e perdeu para os maranhenses por 1 a 0 deixando a competição na primeira fase.

O Galo disputou a Série D ao lado do São Raimundo, de Santarém. O Pantera não passou da primeira fase após ficar na sua chave para o Nacional-AM e para o São Raimundo-RR, mas o Galo passou de fase e parou no Rio Branco-AC na fase seguinte.


No cenário estadual, o Galo não foi bem no Parazão e ficou fora das semifinais, bem diferente do São Raimundo que ficou na semifinal para o Remo e ganhou vagas na Série D e na Copa do Brasil.

A surpresa deste ano foi o Bragantino: o Tubarão do Caeté veio com tudo após o título da Segundinha e derrotou dentro do Diogão a dupla Re-Pa, principalmente o Paysandu onde deu trabalho e por destino acabou eliminado pelo Papão nos pênaltis na semifinal do Parazão, mesmo assim conseguiu ganhar vagas na Série D e Copa do Brasil.

A disputa por vagas em torneios nacionais no Parazão 2019 será acirrada, pois além de Tubarão, Galo Elétrico e Pantera, o Parazão terá ainda Castanhal, Paragominas, Águia e São Francisco, que já disputaram a Série D, além do Tapajós.

A Retrospectiva 2018 volta na sexta-feira (28), destacando os encontros entre Remo X Paysandu este ano.

  • E MAIS: Quer comprar material esportivo mais barato? Clique Aqui

(Diego Beckman/DOL)