O técnico Roger Machado gostou do esquema com três volantes que utilizou nos últimos dois jogos. Os testes no Campeonato Mineiro foram proveitosos e ele decidiu manter a forma de ir para o gramado no jogo contra o Flamengo, no Maracanã, neste sábado, às 16h (de Brasília), pela estreia do Campeonato Brasileiro.

O treinador, no entanto, descartou ser um esquema mais defensivo ou retrancado, tendo em vista que Elias, embora seja volante, se dá bem jogando mais adiantado ajudando os homens de frente.

“Quando se vê três jogadores que originalmente atuam na mesma função, a gente costuma determinar o tipo de esquema, se é defensivo ou ofensivo. Mais que o número da camisa a gente tem que perceber o que é posição, característica e função. Elias, Carioca e Adilson são jogadores de meio que tem virtudes e capacidades”, relatou o jogador.


Roger destacou ainda que Elias é um atleta com grande possibilidade de chegar ao ataque e ser mais um homem na linha de frente, entretanto, tem força física para recompor e auxiliar defensivamente em um dos lados do campo.

“Elias tem passe, tem técnica para jogar ofensivamente dentro do campo adversário e também capacidade física de pegar um lado e dar equilíbrio que a gente precisa. Funcionou bem, a gente conseguiu alcançar o equilíbrio importante nos últimos dois jogos, não tinha acontecido anteriormente, os adversários chegaram pouco ao nosso gol e a gente continua com força ofensiva”, finalizou.

Para a estreia do Brasileirão, Roger perdeu duas importantes peças. O lateral-direito Marcos Rocha e o zagueiro Léo Silva estão contundidos, ambos na coxa direita, e não viajaram para o Rio de Janeiro. Carlos César, pela direita, e Felipe Santana na defesa serão os substitutos.

Fonte: Gazeta Esportiva