Pela segunda rodada da Série C do Campeonato Brasileiro, o Paysandu enfrentou o Vila Nova-GO, fora de casa, no estádio Onésio Brasileiro Alvarenga em Goiânia neste sábado (15), e, mais uma vez, não consegue sair vitorioso. E, com um a menos, os bicolores perderam para o Tigrão pelo placar amargo de 2 a 0.

O Vila abriu o placar logo aos 5 minutos de partida. Biancucchi, em um rápido contra-ataque, encontrou Lucas Silva livre entre os zagueiros do Paysandu, e ficou cara a cara com o goleiro Gabriel Leite que não teve chance de defesa no chute forte. Ainda no primeiro tempo, o Papão ficou com um jogador a menos. O lateral Tony, após deixar a mão no rosto do adversário levou seu segundo cartão amarelo e em seguida o vermelho. A expulsou desestruturou ainda mais a equipe. O técnico Hélio dos Anjos, por reclamação, também levou cartão amarelo.
Já na etapa final, aos 25 minutos, o Vila Nova amplia, de pênalti: Caíque, do Vila, invade a área em velocidade, com a finalidade de parar o adversário, Caíque Oliveira faz a falta dentro da área, o pênalti foi marcado. Na cobrança, goleiro para um lado, bola para o outro. Henan chutou forte no canto direito do goleiro bicolor. 2 a 0 para o Tigrão.


Mesmo com uma certa reação no segundo tempo, o Papão não conseguiu marcar, e mais uma vez, não alcançou vitória na competição, e ocupa a 6ª colocação do Grupo A, com apenas 1 ponto. Já o Vila se tornou líder do grupo, com 4 pontos.

A próxima partida do Papão pelo Brasileirão é contra a equipe do Treze no sábado (22), às 19h, na Curuzu. Mas, antes o Papão tem a segunda partida da semifinal do Parazão contra a equipe do Paragominas, na quarta-feira (19), às 20h, no estádio Mangueirão.
(DOL)