Assim como os cidadãos, um clube de futebol também tem suas obrigações e uma delas é estar com as contas em dia na justiça e na união, mas isso se torna algo bem difícil com a crise causada pela covid-19.

Através de um programa da Procuradoria Geral da Fazenda Nacional, foi divulgado um ranking com os clubes mais endividados com a união no futebol nacional, levando em consideração as equipes das Séries A, B e C e um paraense aparece entre os 15 primeiros.

Neste ranking indigesto, o Paysandu ocupa a 11ª posição no geral entre os times das três divisões com dívidas na união. O clube alviceleste tem algo em torno de R$ 17 milhões, sendo o terceiro colocado entre os times da Série C, perdendo somente para Vitória-BA e Figueirense-SC.

Nem o Clube do Remo está isento da lista. O time azulino tem uma dívida de R$ 459 mil, sendo o nono colocado no ranking de devedores, entre os participantes da Terceirona. No geral, o Leão é o 24º.

No geral, a liderança pertence ao Vasco-RJ, seguido de Guarani-SP, Sport-PE, Náutico-PE e Figueirense-SC.

VEJA A LISTA DOS 20 PRIMEIROS.

 

1 – Vasco-RJ – R$ 198 milhões

2 – Guarani-SP – R$ 159 milhões

3 – Sport-PE – 93 milhões


4 – Náutico-PE – 82 milhões

5 – Figueirense-SC – 60 milhões

6 – Fluminense-RJ – 38,8 milhões

7 – Botafogo-RJ – 38,4 milhões

8 – Avaí-SC – 35 milhões

9 – Vitória-BA – 23 milhões

10 – Vila Nova-GO – 19 milhões

11 – Paysandu – 17 milhões

12 – Brasil-RS – 16 milhões

13 – ABC-RN – 11 milhões

14 – Cruzeiro-MG – 9 milhões

15 – Corinthians-SP – 6 milhões

16 – São Paulo-SP – 4 milhões

17 – Londrina-PR – 1 milhão

18 – Ponte Preta-SP – 887 mil

19 – Confiança-SE – 775 mil

20 – Bahia-BA – 633 mil

21 – Botafogo-SP – 615 mil

22 – Coritiba-PR – 504 mil

23 – Chapecoense-SC – 501 mil

24 – Remo – 459 mil

25 – Juventude-RS – 297 mil

26 – Atlético-CE – 288 mil

27 – Brusque-SC – 260 mil

28 – Atlético-GO – 239 mil

29 – Botafogo-PB – 154 mil

30 – Santos-SP – 148 mil

(DOL)