Ricardo Prado e José João da Silva regando uma das árvores do Bosque da Fama (Foto: Sérgio Barzaghi/Gazeta Press)

Henrique Nicolini recebeu uma homenagem na manhã desta segunda-feira. O ambiente do evento não poderia ter sido melhor, o Bosque da Fama, local idealizado pelo jornalista onde são plantadas árvores para enraizar na memória dos paulistanos alguns dos principais nomes do esporte nacional. Dentre alguns dos presentes na cerimônia, estavam alguns dos ex-atletas que já foram homenageados com uma árvore plantada no local.

Um dos convidados que fez questão de estar presente na solenidade, foi o ex-nadador Ricardo Prado. O atleta que possui em seu currículo uma medalha de prata nos Jogos Olímpicos de Los Angeles no ano de 1984 e um ouro no mundial de Guayaquil de 1982 nos 400m medley ressaltou a importância do jornalista no desenvolvimento do esporte brasileiro, principalmente na natação.

“Toda homenagem a este homem é muito bem vinda. Fiz questão de estar aqui presente hoje, inclusive faço parte aqui do Bosque da Fama graças a um convite do senho Nicolini. O esporte amador como a gente conhecia só chegou ao nível de profissionalismo que conhecemos hoje por causa de pessoas como Nicolini, que valorizavam e incentivavam os esportistas. Graças à essas pessoas que estamos com o esporte brasileiro no nível que está. Hoje nada mais é uma pequena homenagem a um homem que era um amante dos esportes e soube reconhecer o trabalho dos atletas do país. Pude observar ainda mais de perto o seu trabalho na natação, quando foi presidente da Federação Paulista de Natação. Acho que este esporte pode se sentir privilegiado por ter tido Nicolini como ele à frente”, declarou Ricardo.


Outro grande representante brasileiros nas piscinas olímpicas, Manoel dos Santos, também fez questão de ressaltar a importância de Nicolini a natação brasileira. Segundo o vencedor da medalha de bronze nos 100 metros livres dos Jogos Olímpicos de Roma, realizado em 1960, o jornalista falecido no último dia 14 de agosto tem uma participação importante em sua conquista.

“O que falarem da postura de Henrique Nicolini é pouco. Porque ele é um atuante na área esportiva por mais de 70 anos. Eu posso dizer sem dúvidas que parte de minha medalha olímpica se deve a ele. Eu lembro que nas vésperas dos Jogos, eu tinha o terceiro melhor tempo do mundo, mas estava com um problema para levar o meu treinador para a Itália. Eu conversei com Nicolini e ele conseguiu de alguma forma colocar meu treinador nas Olimpíadas. E isso foi essencial para conseguir minha preparação ideal para a disputa e acabar vencendo a medalha de bronze”, ressaltou Manoel.

Fora das piscinas a importância do profissional de comunicação com carreira mais longa já reconhecida pelo Guinness Book também é ressaltada. Bi-campeão da São Silvestre em 1980 e 1985, José João da Silva foi outro atleta presenta no evento que fez questão de destacar a carreira de 71 anos de Henrique Nicoleti.

“Nicolini merce todos os tipos de homenagem. Ele foi um parceiro do esporte nacional e internacional por muito tempo. Como maratonista olímpico e campeão da São Silvestre posso dizer que ele cumpriu muito bem a sua maratona. Uma maratona linda, comprida e vencedora. Acredito que neste momento ele está lá, sendo agraciado no céu’, afirmou o maratonista.

 

O post Ex-atletas reafirmam importância de Henrique Nicolini ao esporte brasileiro apareceu primeiro em Gazeta Esportiva.

Fonte: Gazeta Esportiva