Djokovi tem 100% de aproveitamento em finais no Australian Open (Foto: Peter PARKS/AFP)

Novak Djokovic chegou à sua sétima final do Australian Open depois de massacrar Lucas Pouille na semifinal e o sonho de se tornar o maior campeão do torneio segue vivo, mas passa por Rafael Nadal, adversário do sérvio na grande final. O número 1 do mundo falou sobre o jogo e o desempenho do rival, que está invicto no AO, sem perder nenhum set até o momento.

“Ele jogou impressionantemente bem durante todo o torneio e não perdeu nenhum set. Eu não tenho jogado mal nas últimas partidas e acho que esta final vem no momento certo para nós dois. Tenho certeza de que vamos nos divertir em quadra”, disse Djoko.


Com promessa de um grande jogo, os dois vão se enfrentar pela 53ª vez, e o sérvio tem uma pequena vantagem de dua vitórias a mais. “Podemos prometer uma coisa, vamos dar absolutamente tudo na quadra. Eu acho que as pessoas vão gostar disso. Tentarei jogar tão bem quanto até agora. É claro que jogar Rafa requer uma tática diferente, mas tenho certeza que ele pensa a mesma coisa”.

Djokovic ainda exaltou Nadal e o classificou como principal rival. Os dois são um pouco mais jovens que Roger Federer e devem estender a rivalidade por mais anos. “Ele é meu maior rival na minha carreira. Eu joguei tantas partidas contra ele, partidas épicas nesta quadra. Claro, o que se destaca foi a final de seis horas quase em 2012. Espero que não percamos tanto tempo desta vez. Mas tenho certeza que teremos boas finais”, disse o sérvio antes da final, que acontece na manhã deste domingo, às 6h30 (horário de Brasília).

O post Diante de maior rival da carreira, Djokovic prevê grande final contra Nadal apareceu primeiro em Gazeta Esportiva.

Fonte: Gazeta Esportiva