A Copa Verde de Futebol é uma competição que
foi fundada em 2014 e conta com a participação de 24 clubes do Acre, Amazonas, Distrito Federal, Espírito Santo, Mato
Grosso, Pará, Roraima, Amapá, Goiás, Mato Grosso do Sul, Rondônia e Tocantins. O
torneio tem formato similar ao da Copa do Brasil, com partidas de ida e volta,
em mata-mata.

O último campeão da Copa Verde
foi o Clube do Remo, que venceu o Vila Nova por 4 a 2, nos pênaltis. O Leão
deve permanecer campeão por mais um ano, ao que tudo indica, a Copa Verde não
será disputada em 2022. As informações são do jornalista Marcos Paulo Lima, no blog Drible de Corpo, do Correio Braziliense.

VEJA TAMBÉM:

Re x Pa: Fernandes tem Paysandu completo contra o Remo


Destaque da Tuna na Série D, deverá ir ao futebol europeu

Segundo as informações, a CBF
não pretende acabar com a competição, mas acredita que o calendário desta
temporada esteja apertado demais para o torneio. A entidade precisa encerrar as
disputas das quatro divisões do Campeonato Brasileiro até 21 de novembro, data
do início da Copa do Mundo do Qatar.

Caso acontece alguma
reviravolta e o torneio venha a ser disputado ainda este ano, seria por pressão
dos clubes participantes.

A CBF pode ainda estar preparando
mudanças ao torneio. Segundo o blog, ela estaria estudando um novo formato
para a Copa Verde. A ideia é retomar a Copa Verde paralelamente à Copa do Nordeste,
e não no segundo semestre, como foi feito nas últimas três edições. 

O departamento de marketing da CBF quer dar mais visibilidade à
Copa Verde. O torneio tem um grande peso para a entidade pois lida com o meio
ambiente, assunto muito importante nos dias de hoje. Inclusive, os troféus da
competição são ecologicamente corretos. 

 A decisão de não realizar a competição este ano ainda não foi
oficializada, mas é dada como certa. 

Read More