Dois dos principais goleiros da história do futebol mundial podem estar chegando ao final da carreira. Após Gianluigi Buffon cravar uma data para sua aposentadoria ao final de 2017/16, o espanhol Iker Casillas revelou que usará o companheiro de posição italiano como parâmetro para decidir quando pendurará as chuteiras e as luvas.

Com 36 anos, o jogador do Porto fez questão de apontar que está nos últimos momentos dentro dos gramados. No entanto, Casillas disse que se sentiria desafiado a jogar por mais tempo, caso Buffon encerre a carreira depois de completar 40 anos.


Ídolo espanhol revela que se sentiria desafiado a adiar aposentadoria caso o italiano pare com 40 anos (Foto: Miguel Riopa/ AFP)

“O fim da minha carreira está se aproximando e, se Buffon atingir 40 anos de idade jogando, vou me desafiar a aposentar pelo menos um ano depois dele, fazer mais um ano na minha carreira”, revelou o capitão do título mundial da Fúria em 2010.

No final do mês de outubro deste ano, Buffon apontou que esta seria sua última temporada dentro de campo. Aos 39 anos e prestes a fazer aniversário no dia 28 de janeiro, o campeão mundial com a Itália em 2006 só não se aposenta caso conquiste a Liga dos Campeões com a Juventus.

Além de dividir os momentos finais da carreira, os goleiros também partilham uma extensa galeria de troféus conquistados ao longo das últimas duas décadas. Com uma Copa do Mundo para cada, o espanhol acumula cinco títulos nacionais pelo Real Madrid, além de três Liga dos Campeões. Já o italiano levantou a taça do Calcio em oito oportunidades.

O post Casillas traça plano de aposentadoria usando Buffon como parâmetro apareceu primeiro em Gazeta Esportiva.

Fonte: Gazeta Esportiva