Dias depois de se comemorar o Dia da Consciência Negra, mais um caso de racismo no esporte e o mais grave: envolvendo uma mulher.


O fato ocorreu em Fortaleza (CE), por ocasião do Campeonato Brasileiro de Basquete Feminino Máster, onde uma atleta da delegação paraense foi alvo de ofensas racistas.

O caso chamou atenção das atletas paraenses que durante a cerimônia de premiação pelo segundo lugar foram ao pódio com a mensagem contra o racismo na competição.

A delegação do Pará chegou ao vice-campeonato do torneio após realizar uma campanha de cinco jogos com quatro vitórias e uma derrota. A equipe do Ceará ficou com o título.

(DOL)