Magnata, no Leão, foi assessor do departamento de futebol, conselheiro, assessor da presidência, diretor de estádio, vice-presidente, diretor de futebol, advogado na FPF, no TJD e STJD.

Magnata foi apelido dado pelo advogado Cesar Ramos e popularizado pelo repórter Paulo Caxiado, após o título invicto de 2004, quando Marco Antonio pagou o jantar.

Por que governo do Amapá, Inter-RS e Remo não assumem de vez o grave caso de saúde de Bira? Pedido de ajuda em conta bancária chega a ser deprimente, olhando a história dele!

Com os contratados Éverton Silva, Zé Carlos, Kevem (lesionou), Júlio Rusch, Lucas e os anunciados Gilberto Alemão e Tcharles, o Remo tem meio time modificado nesta retomada do futebol.

FPF solicitando estreia do Paysandu contra o S. Cruz-PE, na Série C, 9.8, porque nesse dia o Remo joga na Bahia contra a Jacuipense. 1ª fase dos dois encerrará com Re-Pa dia 6.12.


Com a mudança para 3 fases e mais jogos, cada clube finalista cumprirá 26 pelejas. Antes, em 4 fases, eram 24 partidas.

Na Série D, Bragantino começará diante do Vilhenense dia 19 ou 20.9 e encerrará contra o mesmo clube e mando invertido, 27 ou 28.11. Mesma coisa vale para Independente x Rio Branco-AC.

Competição da quarta divisão tem 6 fases e vai até 7.2. Neste Brasileiro muitos jogos para os nossos. Pena que com a pandemia não se possa saber quando se terá público.

A exemplo das Escolas de Samba do RJ, fala-se que futebol com torcedor, no âmbito da CBF, só quando tiver vacina da Covid-19.

Nada definido sobre Copa do Brasil Sub-20 (Bragantino) e Brasileiro Feminino (Esmac).

Confirmados os vices na chapa da situação do Paysandu (agora Sempre Fiel e não Novos Rumos). Estarão com o candidato a presidente Maurício Ettinger, Felipe Fernandes e Abelardo Serra.

Atual vice Ieda Almeida, de belo trabalho social, por motivos profissionais, apenas concorrerá a conselheira. Osmar Belarmino se aproximando da vaga de GB, no lugar de Asdrúbal Bentes.

Atacante que veio para o Papão, Bessa, tem apenas 1,65m, poucos gols (10 em duas temporadas), muitos passes certos (18 por jogo) e está sempre em campo (87 partidas de 2018 pra cá).

Marcone Barbosa na equipe de Youssef Leitão, no marketing bicolor; decano do rádio Carlos Estácio homenageado ontem pelo novo TJD, proposta Hamilton Gualberto; loja de departamentos bancará dupla Re-Pa.

Curiosidade: quem cognominou o Paysandu de “Papão da Curuzu” foi o jornalista Everardo Guilhon (extinta Vanguarda), pelo penta de 1942-47 e êxito em jogos interestaduais e Caribe.