Adversário tieta Messi no campo e tira 'sefie'

Logo após a vitória magra da Argentina sobre a Jamaica por 1 a 0, neste sábado, 20, o atacante Messi falou sobre a punição recebida pelo amigo Neymar, fora da Copa América após ser suspenso por quatro jogos devido confusão no jogo contra a Colômbia. O argentino se mostrou solidário com o companheiro de clube e afirmou que gostaria que ambos pudessem seguir na competição até a final.

 


– Tudo o que posso dizer é que Neymar é meu amigo e eu queria que pudéssemos ficar até a decisão do torneio. Teria sido bom para a Copa não perder um jogador de sua classe – disse o argentino ao “Mundo Deportivo”.

 

 CBF já entrou com recurso para reduzir a pena recebida pelo brasileiro. Caso a suspensão seja mantida, Neymar, de fato, não terá mais possibilidade de atuar na competição, mesmo que a equipe chegue na final. Na visão de Dunga, quem decidirá se quer permanecer no grupo ou não é o próprio jogador.

 

– Isso depende do líder. Varia para cada jogador, até porque são reações diferentes. É uma decisão que parte do jogador. Ele vai analisar o que será mais produtivo. Se vai ser ficar aqui, passando experiência, colaborando, sendo um líder fora de campo. Ou se ele vai achar melhor sair, acreditando que esse momento triste ou até de amargura que ele está vivendo afete o grupo. Queremos que os jogadores tomem suas próprias decisões – disse.

 

(DOL, com informações de Lance)