O Paysandu entra na semana de clássico não se importando com o rebaixamento do Clube do Remo para a Série C, apesar das provocações nas redes sociais e pela torcida bicolor.

Nem isso torna o time alviceleste favorito para o Re-Pa da próxima quarta-feira (1º), no estádio da Curuzu, pelo jogo de ida da semifinal da Copa Verde, onde os bicolores terão o apoio da torcida.

Exemplo disso é o zagueiro Yan, que já jogou o Re-Pa e sabe que o duelo não envolve os últimos acontecimentos envolvendo o maior rival.


“O Re-Pa não tem nada a ver com que ocorre, mas clássico é clássico. Não importa onde o clube está. Não tem essa de negócio de rebaixamento ou jogo mais fácil. Re-Pa é sempre um jogo difícil”, afirma.

Yan já jogou clássico pela base e no profissional e sabe do que o Paysandu precisa para voltar a vencer um clássico depois de mais de um ano.

“É um jogo difícil e apesar de tudo, a gente sabe que vamos entrar em campo. Vamos dar nosso melhor, uma vez que vamos jogar em casa diante da torcida. Vamos lutar para sair com a vitória”, afirma.

O duelo entre Paysandu X Remo será na Curuzu, na quarta-feira (1º), as 20h.

(DOL)