Determinada a dar a volta por cima, a Tuna Luso deu o pontapé inicial no planejamento e montagem do grupo que irá disputar a Segundinha do Campeonato Paraense deste ano. A competição, que está prevista para o final de setembro, é a chance de o time voltar para a elite Estadual.

Modificando alguns conceitos que vinham sendo utilizados nas temporadas passadas, a Tuna segue com o pensamento de compor o elenco com peças regionais. Por isso, cerca de 8 jogadores da base foram remanejados para o profissional. De acordo com o coordenador e técnico da Águia, Sinomar Naves, o plantel, que contará com sua maioria de atletas do estado, será uma mescla entre juventude e experiência.


“Nossa meta é 70% de jogadores regionais, e já temos cerca de 8 jogadores certos para nos ajudar, que vieram do sub-23”, explicou. “Mas, ao mesmo tempo, já estamos apalavrados com alguns jogadores que disputaram ou ainda estão disputando as Séries D e C, até para contribuir com um certo grau de experiência. Esse contraste será de suma importância para o acesso”, ressaltou o treinador tunante.

Buscando a melhor forma de preparação para a sua principal competição do ano, Sinomar, ao lado do diretor de futebol da Lusa, Vinicius Pacheco, estão finalizando o roteiro de atividades do clube. E, ao que tudo indica, a partir de terça-feira (1), a Tuna voltará aos treinos.

“Estamos procurando a melhor maneira de se fazer futebol. Desde maio procuramos ajeitar o ambiente de acomodação para os atletas, como vestiários, gramado, até para fornecer o melhor. Agora, é o momento do tático e físico. O Vinicius e eu vamos fechar o cronograma, e terça-feira, faremos o nosso primeiro coletivo, em busca do objetivo maior”, disse o comandante.

(Matheus Miranda/Diário do Pará)