Tsunami é uma das certezas na escalação do time azulino (Foto: Fernando Araújo)

O técnico Josué Teixeira vai ter alguns problemas para montar a equipe titular, principalmente no setor ofensivo. O comandante azulino ainda tem algumas dúvidas e o time remista ainda é um mistério para o jogo de hoje contra o Paysandu.

Apesar de todas as dificuldades para montar o time, Josué Teixeira, já tem algumas certezas. “A defesa já está montada. André Luiz; Léo Rosa, Igor João, Henrique e Tsunami. Agora a frente ainda estamos analisando”, brinca. “Eu tenho de pensar no meia, tem o Rodrigo, tem o Jayme, que posso usar ali, e adiantar o João Victor. Tenhos essas variações que treinamos. Posso pensar com calma para resolver isso”, completa.


FLAMEL DE VOLTA

O alento para o técnico é que ele tem o retorno do meia Flamel, um dos grandes nomes da equipe e que vinha machucado há um bom tempo. Porém, o jogador ainda não entra jogando. “Ele vai no banco. Iniciar o jogo ainda não dá. Se semana passada eu tive essa postura e esse cuidado, hoje não poderia ser diferente e fazer esta modificação”, destaca, afirmando ainda ter que esperar algumas peças. “Eu tenho de esperar o Jackinha, eu posso colocar ele pelo meio. Não é questão de esconder o time, é o fato de não ter uma resposta consistente, de ele poder jogar o tempo todo. Essa é a grande verdade. Vou ter de analisar bem, dentro de uma estratégia de jogo que eu possa fazer”, argumenta.

(Café Pinheiro/Diário do Pará)