O futebol e suas mudanças após a MP assinada pelo presidente da República, na última quinta-feira (18) vem mexendo com os dirigentes do futebol em todo o país.

Além disso, os remistas estudam opções para a sentença da decisão feita pela Justiça do Trabalho, que liberou apenas R$ 300 mil de R$ 1 milhão ao Leão de cota de patrocínio.


Estes assuntos estão em destaque no Segundo o Guerra, do jornalista Guilherme Guerreiro.