O Clube do Remo contará com o apoio do Fenômeno Azul no clássico contra o Paysandu, mas sofre um golpe nas finanças através de uma decisão judicial.

A 13ª Vara Cível e Empresarial determinou bloqueio de renda do clássico Re-Pa do próximo domingo (3), no estádio Evandro Almeida, pela 13ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série C.

O documento foi assinado pelo juiz Cristiano Arantes e Silva e decide em parecer favorável de Heron Belei de Oliveira, que entrou com ação contra o o clube remista em 2009.


Árbitro carioca apita clássico Re-Pa 766

A decisão veio depois da ação que solicitou 30% do bloqueio de renda, mas agora atinge 10% da renda do clássico entre Leão X Papão no próximo final de semana.

O advogado Hildeman Romero Júnior conversou com o DOL e relatou detalhes em torno do assunto e do bloqueio de 10% da renda.

“Se trata de uma compra antecipada de ingressos feito em 2009 na gestão do presidente Amaro Klautau e a mesma não foi paga. Essa prática é comum dos clubes paraenses e o valor atualizado feito há dois meses era de R$ 1.613 milhão. O valor ficou em R$ 252 mil”

“Como a justiça do trabalho se trata de prioridade, somente agora veio a decisão do bloqueio de 10%. A partir do RexPa será bloqueado 10% até se pagar o débito”, completa

O DOL entrou em contato com o departamento jurídico do Clube do Remo e aguarda posicionamento.

Read More