O Campeonato Paraense de Futebol reúne times da capital e do interior do estado, mas alguns fatos jamais podem ser esquecidos, como um deles foi feito pelo novato Amazônia Independente.

Ao vencer o Pedreira por 2 a 0, o time caçula garante o acesso à elite do futebol paraense no ano que vem e mais do que isso: coloca a cidade de Santarém com mais um representante no futebol paraense.

A equipe criada pelo técnico Walter Lima iguala feitos de alguns times que no ano de estreia no Campeonato Paraense alcançaram logo o acesso: são os casos de Paragominas, Cametá, Tapajós, Parauapebas e por último, o Itupiranga.


“Nós tivemos uma vantagem grande pelo time ser jovem. A Segundinha é decidida pela idade e nós fizemos um planejamento ousado e os atletas jovens deram conta do recado. Hoje conseguimos o acesso à elite do futebol paraense”, afirma o técnico Matheus Lima.

Já com o acesso garantido, o treinador aponta novos objetivos para o clube antes da estreia na Elite do Parazão.

“O Amazônia Independente é movido por sonhos. Agora temos um sonho que vamos correr atrás de ser campeão e depois trabalhar o projeto da Copa do Brasil. Para isso vamos montar um time para brigar por esta vaga”, pontua.

Agora, o time santareno se junta ao Tapajós e vai representar a cidade de Santarém na elite do futebol local e ainda pode ter o São Raimundo, caso o time volte a competição após caso irregular de jogador do Parauapebas.

(DOL)